segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Imagens das araucárias gigantes salvas para as gerações futuras

A proprietária Elza Nishimura Woehl ao lado de uma das 72 araucárias gigantes,
com 4,10 metros de circunferência.
Apresentamos as imagens de uma das 72 araucárias gigantes, que mede 4,10 metro de circunferência e de uma PEROBA com 2,7 metros de circunferência da área de nossa propriedade, em Itaiópolis (SC), que em breve será transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), situação que garante a preservação para sempre.


O terreno tem várias araucárias, mas 72 delas são gigantes, que devem ter mais de 400 anos. Os moradores do entorno nos disseram que têm araucárias de diâmetro maior, mas não deu tempo de visitar toda a área que tem 56 hectares. Mas algumas das araucárias gigantes que acessamos medem entre 3,4 e 4,1 metros de circunferência.

A mata, que é de floresta primária, além destas áraucárias está repleta de árvores gigantescas de outras espécies e de animais silvestres raros (hoje, 27/12/2009, vimos um macuco). Fica no entorno da área da adoção da SPVS/HSBC, onde já criamos uma RPPN.

A proprietária Elza Nishimura Woehl ao lado de uma peroba, com 2,7 metros de circunferência.

A área pertencia à Móveis Cimo (de Curitiba) e foi vendida posteriormente para uma madeireira de Campo Alegre (SC). Nós compramos desta madeireira que manteve a área preservada até hoje, e assim ficará para as gerações futuras, para que elas também tenham o direito de conhecer como é uma Mata de Araucárias intacta.

6 comentários:

Clacla disse...

Nossa, que maravilhosas essas araucárias!! Obrigada por salvá-las!!!
admiro muito o trabalho de vocês. Um grande beijo!

Wa Mor disse...

Bela iniciativa, que muitos se inspirem nesse modelo.
Depois da COP 15. QUE POR INTERESSES FINANCEIROS MUITOS SABOTARAM O ACORDO SALVADOR.
Obrigado.

Luiz Álvaro disse...

parabéns, que em 2010 voces continuem a adquirir mais áreas para preservação.
algum projeto de hospedagem nas rppns?

Rubens disse...

Olá! Não conhecia este trabalho mas fiquei muito impressionado e feliz em saber da existência! Que o exemplo possa ser seguido por muitos outros! Abraços e parabéns!

ira disse...

Ola Germano´.
É isso que este país precisa,e com urgência,EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA SUA TOTALIDADE.
Quem não cuida de sua casa (PLANETA)
pouco ou nada faz por merecer estár aquí.
Um povo que não tem ou conhece seu passado é um povo sem futuro.
Passo ja dos 70,como disse meu velho pai,ja falecido (ia completar 101 anos)foi funcionário de uma empresa na década de 20,que transportava madeira (araucária)de regiões acima do delta do itajaí açú,esta madeira ia para a europa.
Muitas vezes dise-me ele que,viu muitas araucárias que eram necessários de seis a oito homens
para abraça-las.
Para 3 0u quatro,eu ainda consegui ver nas regiões do planalto lageano.
Resta-me a lembrança,isso é conhecer o passado, então posso ver o que é preciso ensinar a juventude para que talvez em um futuro distante tambem possam ter lembranças de seu passado.
Quem pensa com bom senso e sabe verdadeiramente usar a RAZÃO,
pode e deve ensinar ao ser humano
atual que faça bom uso desta RAZÃO DA ESSÊNCIA.

Suas postagens são de qualidade e de educação moral ambiental.
Talvez ainda tenhamos tempo(os mais jovens)de fazer desta casa(PLANETA)A NOSSA CASA,MAS,PARA QUE ISSO ACONTEÇA,TEMOS QUE FAZER POR MERECER.
Este é o caminho correto,nossa mãe TERRA É UM CORPO VIVO,nós somos apenas passageiros agregados a ela formando a tão falada NATUREZA PLANETÁRIA,QUE INFELISMENTE POR NOSSA PROPRIA INCÚRIA ESTÁ EM DESARMONIA
Abraço
ira

Diego disse...

Impressionante essas araucárias! Tenho um sítio em Campo Alegre e tem alguns belos exemplares..preciso medi-los o quanto antes!
Continuem com essas aquisições! Elas são fundamentais para a perpetuação de diversas espécies.